chicãoribeiro/ptsãocaetanodosul

Friday, February 27, 2009

Do blog do Professor Edgar Nóbrega ..ASSINO EMBAIXO !

A política também é dura


No momento em que tanta polêmica negativa continua a ser espalhada no PT de São Caetano reforça-se a minha convicção de que a política é muito dura, muito seca e amarga.
Tenho procurado ao longo da minha vida reforçar a necessidade de participação das pessoas na política. Não me canso de repetir com convicção uma perspectiva que só a participação cidadã pode criar um ambiente institucional renovado possibilitando-se uma nova governança.
Entretanto quando acompanho pelos jornais as afirmações do deslumbrado e egocentrico Sr Jayme Tortorello confesso que sou capaz de reconhecer o porque tantos indivíduos não se animam para uma participação mais cotidiana na política.

Haja estomago, haja paciência. Afinal de contas em que pese que esse senhor tenha ocupado importante cargo na magistratura local, não há reconhecimento positivo de sua na nossa cidade (e isso foi indicado pelas pesquisas contratadas a época pelo candidato). Não existe reconhecimento social que esse cidadão tenha deixado uma contribuição real e concreta para um ambiente tão singular como o que se verifica na política de São Caetano.
Pois bem esse senhor com o apoio de uma porção de militantes do meu partido, alguns que tenho profundo respeito, e outros nem tanto lançaram o PT de São Caetano em uma terrível aventura.
E então o desconhecido candidato resolveu ser, acima de tudo, herdeiro de um patrimônio político que ele dizia renegar e que de maneira oportunista resolveu se apropriar.
Depois de mais de duas décadas em que éramos reconhecidos como depositários de uma reserva moral na cidade o PT foi alçado na campanha eleitoral do ano passado para uma condição de aliado inconteste de um passado ao qual não nos pertencia.
Sabemos que a política deve ser realizada para muito além dos nomes e sobrenomes, aliás, essa é uma condição essencial para a construção de um caminho o quanto possível menos personalista e mais republicano.
Movido por uma campanha cercada de “estratégias mirabolantes” esse “líder de ocasião” impulsionou um momento que descaracterizou de maneira solene a nossa história partidária. Foi a ação desse senhor como candidato a prefeito pelo PT que impediu e desestimulou a legenda a se manifestar publicamente diante de um dos mais terríveis casos de corrupção da história de nossa cidade “o caso Cressoni”. Na época o argumento sugeria que isso “arranharia” a imagem do tortorelismo.
Muitas vezes os cidadãos nos questionavam porque mantínhamos em nossos materiais de campanha o nome dessa figura tão inexpressiva e merecedora de tanta rejeição. Afinal de contas em cada folheto em cada material de nossa campanha nunca deixamos de apontar o nome dos candidatos a Prefeito e Vice.
E confesso que não foi fácil, não recebemos desse senhor nenhuma demonstração de respeito durante o processo eleitoral, não recebemos apoio e não partilhamos as opiniões que ditaram o ritmo e o rumo de uma campanha que a muitos parecia sem rumo.
Tudo o que fizemos durante a campanha foi em função do respeito pela democracia interna do PT. Todos os que me conhecem e que acompanham a minha trajetória sabem que não sou um petista de ocasião, aliás, é público que tenho dedicado os melhores momentos de minha vida para a construção desse partido.
No entanto esse infeliz depois de causar tantos aborrecimentos para inúmeros militantes históricos do PT se lança agora como uma espécie de “senhor sabe tudo” a andar pela cidade a difamar a minha reputação. É por isso que torno público um pedido sincero. Sr Jayme chega de usar a imagem do PT e do sobrenome de seu falecido irmão. Aceite o conselho de alguém que ama São Caetano e tem orgulho de participar da política. Procure ocupar o seu tempo com atividades profissionais e familiares. Não atrapalhe mais a história do PT.

Thursday, February 12, 2009

Hamilton o morto insepulto

Abaixo a matéria que enviei à coluna "Cena Política "do Jornal Diário do Grande ABC :


Prezado Bento (Se é que você existe de fato) , em sua coluna de 10/02/2009 , tristemente coincidindo com os 29 anos da fundação do meu querido PT,você noticiou a festa do ex-petista e réu confesso Hamilton Lacerda. Só não dá para engolir vc classificá-lo como um petista de maior prestígio na cidade ! Só se ele ganhou um chocolate gigante coberto com coco ralado, e eu não fiquei sabendo!
Para sua informação, me contaram que a festa foi na residência luxuosíssima dele, no Bairro Olímpico , chamada calorosamente pea vizinha de "Palácio Le Postiche"" ou o "Castelo da Mala". O vereador Professor Edgar ,nunca iria numa reunião destas,principalmente por juntar o que tem de pior num partido político na cidade, ou seja, apaniguados, contratados e súditos de um reizinho deposto e que nos expôs NACIONALMENTE ao ridículo ! Como disse o presidente LULA ...um bando de aloprados, ao que eu complemento ..uma manada de burros !



CHICÃO RIBEIRO
Francisco José de Souza Ribeiro
Membro titular do PT São Caetano do Sul e Ex-candidato a Presidência do PT SCSul em 1999,ocupando a Secretaria Geral.São Caetano do Sul (SP) - Brasil
Cel.:(11) 7243-7317